About

Gravando e estampando retículas sem segredos!

Na serigrafia estampar retículas, simulados, policromia... Não é muito diferente que estampar qualquer outra coisa, a fundamental diferença está na composição da arte final e na tela utilizada, que serão próprias pra tal fim. A dificuldade que tenho notado ser mais comum entre os iniciantes são no momento de gravar as matrizes e pra que esta etapa fique menos complicada seguiremos uma sequência que tornará mais eficaz o processo.

Passo à passo pra não perder os pontos.
1- Arte final
Deve ser impressa em mídia estática, com impressora de laser de boa resolução, em laser film ou transparência, a parte preta deve ficar o mais opaca possível, pode ser escurecida com reforçador de tonner... O Fotolito/Positivo de qualidade é o primeiro passo para que no momento da revelação não haja surpresas...
A lineadura é escolhida de acordo com o tecido e emulsão que será utilizado, assim como o resultado desejado... O padrão têxtil é na média de 45 lpi para monocromias.

2- Tela/Matriz/Tecido
O tecido deve estar com ótimo tensionamento para que não ocorra distorção no momento da estampagem.
Para resultados otimizados usa-se poliéster monofilamento (mais estático que o nylon), preferencialmente novo, ou então alcalinizado e sem resíduos nem furos. Esticado em quadros rígidos, com fixação colada.
Telas com a mesma dimensão, tecido e tensionamento padronizarão o registro das cores, se tiver.

3- Emulsão
A escolha da emulsão própria para retículas é regra, já que o carinha querer aprender à revelar os pontos da imagem utilizando emulsão "verdinha" com bicromato é similar à querer desparafusar porca 13 com chave 15, tipo, tem até jeito, só que vai ter que usar uns artifícios não convencionais... Prefira sempre utilizar materiais com aplicações específicas para a finalidade.
A aplicação da emulsão se dá com calha aplicadora, a camada deve ser uniforme... Secada até eliminar com toda a umidade em ambiente escuro...Como já é de praxe e amplamente conhecido.

4- Lâmpada/mesa
Tenha a melhor lâmpada que seus recursos possam adquirir, A potência dela te facilita o momento de fotografar a matriz significativamente.
Outro segredo é que a arte esteja maximamente prensada, com absoluto contato de cada ponto que forma o conjunto da imagem com o tecido emulsionado, dê valor à este detalhe.

5- Jato de revelação
Seguindo as regras de emulsão de qualidade bem curada/ bem fotografada/ com boa opacidade do positivo e exposta em tempo correto... Não haverá dificuldade no momento de revelação. Se por algum descuido no meio do processo você tiver que forçar demasiadamente a abertura da emulsão com o jato d'água, daí as reticular vão "estourar", e a qualidade do impresso também.

6- Registro de cores
Através de cruzetas fixas nas extremidades do desenho nos baseamos na localização do mesmo...
Um registro refinado dos tons é outro momento que deve ser empenhado com paciência e capricho.

7- Tintas
Devidamente diluídas para que tenham perfeita passagem pela matriz e ancoragem no substrato.
Tinta pouco diluída exige maior pressão do rodo, ocasionando distorção da imagem e até mesmo borrões...
Diluída excessivamente dificulta a aplicação por ser muito dispersa...

8- Estampando
A escolha do rodo é fundamental, este obrigatoriamente estará bem afiado, de corte reto, para que defina bem as retículas da imagem.
A pressão(sempre uniforme) será estipulada pelo serígrafo no momento de impressão, suficientemente forte para não haver falhas e sem excesso para que não haja distorção e/ou vasão demasiada da tinta... Sem repique é o ideal, mas não é regra. Eu pessoalmente uso repiques para substratos escuros... O berço deve ser rígido, plano e sem forro para garantir ótima definição.
A técnica de "entre cores" fica à escolha e preferência do serígrafo, seja "molhado sobre molhado" ou com cura intermediária.

Espero ter auxiliado, e pra finalizar este pequeno guia, friso que o segredo da impressão reticulada bem sucedida está na atenção dada a cada etapa do processo serigráfico.
Boas estampadas!

Pra ilustrar um pouco esta postagem inclui mais um vídeo de uma policromia em nude...


No áudio "(I´d gone) the whole wide world" (1974), de Wrecless Eric.

Seja camarada e curta a Página do Yarru! Silk'n'Roll no Facebook
Receba atualizações de matérias sobre o vasto mundo da serigrafia.

14 comentários:

Championzuca disse...

Cara,vendo o teu trabalho assim,parece ser fácil,desenvolves tão bem a "arte"(Silk),da a impressão que foi você quem inventou está técnica,parabéns e obrigado por partilhar connosco!suas dicas são um show!

Antonio Carlos disse...

Boa Tarde
Gostei muito do vosso blog,nota 10.
Estou trabalhando com embalagens bem artezanal, personalizadas fabricada em TNT e Cartão Kraft ou Duplex 350 grs. E não sei ainda qual tinta mais viável a utilizar, base d'agua ou Vinílica (pelo odor prefiro a base d'agua)e quanto a matriz quantos fios sera o indicados.
Att
Antonio Carlos

Yarru! disse...

Antonio! depende do acabamento que queira ter!
eu também prefiro base agua... só que vinílica tem opção de acabamento brilhante!
Agora se quer uma dica! prefira estampas simples sobre o tnt, este não aceita resolução decente pois tem aqueles furinhos fiadamãe!
No papel cartão de gramatura alta use e abuse do superior coringa da serigrafia sobre as impressões offset normaizinhas... Os efeitos diferenciados!
Tipo uso de tintas com glitter! Partículas, tintas prateadas, fluor... Um negócio que fica muito animal são as estampas com relevo puff!
boas estampadas!

everton disse...

Muito legal seu trabalho, curto muito seu blog, é muito útil.
Gostaria de saber se vc quem fabrica as camisetas ou compra elas prontas, se compra pronta vc poderia indicar o fornecedor?

Grato

Everton

istenio morais disse...

boa noite gosto muito do seu trabalho!!
parecer ser tão fácil
rsrs
to começando agora na serigrafia!!
e to com dificuldades para achar emulsão própria para retículas!!
se tu puder me indicar uma marca de emulsão própria para retículas, ficarei muito agradecido!!

e com uma lampa halogena 500w
quanto tempo demoraria para revelar reticular 45lpi

desde ja agradeço
e meus parabéns pelo seu belo trabalho cara

Danielle disse...

Oi, muito incrivel seus trabalhos... será que vc podia mostrar numa postagem como é feita a arte no corel para monocromia e policromia?

Dani Marques & Lilian Rocha disse...

Seus trabalhos sempre incríveis Armando! Será que vc podia compartilhar pra gente um passo a passo de como fazer a arte final no corel para monocromia e policromia?

Valeu e Parabéns!

Yarru! disse...

EVERTON!
eu faço as camisetas e também compro prontas... depende do que quero, se quero uma diferente do que tem no mercado disponível... tenho que fazer... fornecedores tem milhares brasil afora... eu compro na DBC em curitiba...

ISTENIO! emulsão pra retículas uso diazóica da HB decafilm pa. pra 500W deixe 13 minutos, bem prensado e com arte impressa em laser film...
http://yarrru.blogspot.com.br/2011/09/gravando-reticulas.html

DANIELLE & DANI MARQUES!
reticula no corel, http://yarrru.blogspot.com.br/2011/08/quadradocromia.html
só altere o formato pra redondo, o inclinação pra 45 e o tamanho do ponto...

Um Caminho Qualquer disse...

muito bom o blog, tirou varias duvidas minhas, só que tem uma que não achei solução ainda, eu gravo as telas e pinto as camisas, mas na hora de limpar a tela pra que a tinta não tape o desenho eu acabo tirando emulsão de onde nao deveria, uso apenas agua pra limpar. a emulsão que eu uso é a azul a base de agua.
se eu limpo só com um pano não sai toda tinta e as vezes também solta partes que não deveriam.
pq isso ocorre? como devo limpar?
parabens pelo blog e abraços

Fernando Galhano disse...

parabens pelo blog, ja virei aliado,inclusive as trilhas sonoras são mto boas, rs,
minha duvida é sobre o que posso fazer para evitar ao maximo as rachaduras, poderia falar sobre?
grato
fernando galhano

Lucas Mendes disse...

Antes de mais nada parabéns ao blog e por todas as dicas.
Euqueria saber qual a emulsão especifica para reticulas, verde, rocha, azul, amarela...
E se puder explicar qual a finalidade entre as cores de emulsão.
Obrigado;

Yarru! disse...

Um Caminho Qualquer ...
a emulsão deve estar mal curada, experimente aumentar o tempo de exposição.

Fernando Galhano...
menor viscosidade na tinta, de repente colocar um aditivo fixador...
a cura com soprador térmico cria diferença entre camadas, se curar em berço termico este problema diminui...

Lucas Mendes ... as cores são para diferenciar uma das outras, varia por fabricante, apenas para referencia sem relação entre elas...

Emeson Nunes disse...

Gosto muito do seu trabalho assisto sempre seus videos mas pra que ta começado VC podia por um video revelando uma tela reticulada se possível obrigado

Magali Costa disse...

Qual a emulsao correta para reticula?

 

Home | About Me | YouTubeChannel-1| YouTubeChannel-2 | EZine-Impregnantes | MySpaceTheCO2 | Twitter | Orkut | Facebook

Yarrru! Silk'n'roll © Design by Yarru | Publisher : Me