About

Reticulado

Estampa para treinamento de reticulado, composição utilizando apenas as cores primárias sem sobreposição de tons
Yellow, Magenta & Black, sugiro estampar nesta sequencia, da cor mais clara pra mais escura
Nesta amostra, pra garantir uma boa resolução, utilizei um fotolito feito em laserfilm com 60 LPI de saída
As 3 matrizes utilizadas foram com poliéster 90 fios amarelo
Emulsão HB Decafilm PA sensibilizada com 5g de Diazo
Revelado em holofote halógeno de 500w, 3,5 min de exposição
Tinta base água para policromia

Pra quem quiser fazer o download desta arte final segue abaixo o hiperlink
Arquivo .CDR Corel Draw em formato ofício já com as cores separadas https://www.4shared.com/file/nTN7xSBRca/sexpistols.html
 
https://no220.files.wordpress.com/2012/07/sex-yellow.jpg

Famous Skulls

Cansou de ser um serígrafo mediano que fica estampando camisetas com a carona chapada do Lularápio ou do Bozonazi?
Quer começar à treinar umas retículas e umas monocromias?
Pois seus problemas acabaram começaram!!!
Neste incrível pacote reunimos uma série de imagens para serem estampadas em fundo claro.
São diversas figuras icônicas da música, filmes, etc... Na versão SKULL
Todas estão com relativa qualidade e prontas para imprimir...

https://www.4shared.com/file/J90GsVkAei/skulls.html

O que é meio tom? VEJA AQUI! OU AQUI!
Como reticular? VEJA AQUI!
Como estampar? Quer ver em vídeos? VEJA AQUIAQUI OU AQUI!
Como Usar saída via Ghostscript? VEJA AQUI!

PARA EVITAR COMENTÁRIOS DESNECESSÁRIOS JÁ RESPONDO:
"O Bob Marley era maconheiro?" Não quero saber, Azar dele!
"Não gosta do Che, do Elvis ou do Bowie?" Não baixe!
"Curte o visual da Amy Winehause?" Achou uma arte pronta!
"Quer uma coleção de estampas de caveiras?" Está no lugar certo!

Siga os passos segui­ntes para baixar o arquivo:
1- clique no link ou copie e cole no seu navegador --> CDR versão 11 editável ou PDF
2- Clique no ícone "baixar" mostrado pela seta na imagem emba­ixo
3- Se abrir uma jane­la "pop up" pode fec­há-la
4- Clique em baixar grátis, aguarde a co­ntagem regressiva dos 20 segundos e cliq­ue em baixar arquivo
5- Se pedir login cl­ique em registrar via Facebook ou outra opção à escolha
6- Salve o arquivo em seu computador


YARRU! DESDE 2007 O MAIOR CONTEÚDO SOBRE SERIGRAFIA NO BRASIL, 100% GRATUITO
FIQUEM ATENTOS QUE SEMANA QUE VEM TEM MAIS

Monocromia sem monotonia!

Serigrafia de uma monocromia.
Desenho em negativo com 60 lpi de resolução de saída.
Rodo de canto bem reto e bem duro pra não embaralhar as retículas mesmo com repique.
Tinta mix branca supercobertura para tecidos mistos, diluida com retardador gel pra não entupir com a matriz de polyester 90 fios...
O resultado foi este desenho com uma boa tonalidade de cinzas...



Ao som da veterana CWBand Krappulas

Pra quem curtiu essa arte e quer utilizar para criar umas estampas decentes segue o link dos arquivos:
CDR CorelDraw (versão 11) já em negativo e pronto para imprimir em um fotolito A3 e sair estampando camisetas pretas pra galera Link Biker Dog negativo CDR
Se preferir ela na versão original em positivo, segue link Link Biker dog FTW Positivo JPG  em também excelente resolução e facilmente manipulável
https://i.pinimg.com/736x/f5/39/b6/f539b6f72ff1ecbc2a20c8dd3432c41a--black-t-shirt-biker-t-shirts.jpg
Obs: Sobre direitos autorais. Eu pesquisei, porém não consegui descobrir os créditos do desenho para linkar ao artista, apenas encontrei essa imagem acima onde a composição está completa e possui uma assinatura "Tank"... Se alguém souber por favor avise

Curtiu? Ajude na divulgação do Yarrru! compartilhando
FIQUEM ATENTOS QUE SEMANA QUE VEM TEM MAIS

YARRU! DESDE 2007 O MAIOR CONTEÚDO SOBRE SERIGRAFIA NO BRASIL
100% GRATUITO

Fixando a tinta de uma maneira mais eficaz

Algo comum em impressões serigráficas é o fato da ancoragem ficar ineficiente em determinadas impressões.
Esse detalhe pode ser bem notada quando ocorre em estampas reticuladas estampadas com tinta branca "mix" em camisetas pretas, mais ou menos no estilo do desenho abaixo
Logo que é estampada ela fica muito bem feita, porém após algumas lavagens a tinta começa à sair do tecido, as retículas menores vão sumindo e o desenho perde parte dos detalhes
Em traços também se nota esse defeito, a tinta mal aplicada vai descolando do tecido nas decorrentes lavagens
Mas existe a maneira de fazer a correta aplicação no momento da estampagem para que a tinta resista à todas as lavagens necessárias, permanecendo bonita na camiseta por toda sua vida útil.


Ancoragem é como chamamos a fixação da tinta no tecido, para que seja eficiente ela tem que literalmente se agarrar na trama da malha, para tanto necessitamos atenção em alguns detalhes
-Rodo com perfil bem afiado para não comprometer a resolução, maior pressão na primeira demão para que a tinta penetre devidamente na trama
-Cura parcial nesta primeira demão, se secar demais irá criar uma camada isolada que descascará ou rachará
-Tinta própria para a composição do tecido, devidamente diluída, se estiver pouco fluída (muito grossa) não irá penetrar e segurar na trama
-Tecido penteado, de boa qualidade, tem a propriedade de também receber melhor a estampa
-Uso de fixador (até 5%) ajudará também na durabilidade da estampa
-Prensagem pós estampagem é outra opção que melhora a fixação da tinta

O maior detalhe na estamparia manual, que irá definir a qualidade geral da estampa, é a devida atenção nas 3 variáveis principais na aplicação da tinta:
Velocidade, pressão e inclinação do rodo, é crucial ao serígrafo dominar esta tríade que variará de acordo com tipo de malha, tecido técnico, dureza do rodo, superfície do berço, etc.

Curtiu o design?
Segue então o Link para baixar Corel Draw versão 11


Obs: Na serigrafia é comum o total desrespeito à qualquer direito autoral (caiu na net é domínio público), mesmo assim vou deixar pelo menos os créditos do desenho que são do artista Hardnox 757, realmente ele tem bom conhecimento técnico e um estilo nada conservador

Curtiu? Ajude na divulgação do Yarrru! compartilhando 
FIQUEM ATENTOS QUE SEMANA QUE VEM TEM MAIS

The Three Stooges

Estampa estilizada dos icônicos The Three Stooges, ou "Os três Patetas", em uma paródia ao famoso grupo australiano ACDC
É uma estampa com relativa facilidade pra quem quer iniciar no processo simulado
Sugiro a impressão dos fotolitos em laserfilm, entre 45 e 55 LPI e uso de matrizes com 77 fios
A estampa pode ser feita tanto com tinta base água comum (super cobertura/Mix) ou plastisol, vai da preferência e conhecimento técnico do serígrafo
Formato do arquivo .CDR CorelDraw salvo na versão 11
Tamanho A3, Separado em 5 páginas, com cruzeta de registro já pronto para imprimir e estampar, também com possibilidade de edição
5 Cores básicas (Black, Red, Yellow, Gray & White) porém não é obrigatório o uso de todas, se for em uma camiseta preta, por exemplo, não haverá a necessidade da aplicação da tinta preta, o mesmo ocorre em situação inversa


Quer saber mais sobre o Sistema de separações pelo processo simulado?
Aqui NESTE LINK faça o download de um super guia 
elaborado pelo gênio Scott Fresener, já traduzido para o português

https://www.4shared.com/file/eA-ojU-hca/stooges.html

Siga os passos segui­ntes para baixar o arquivo:1- clique no link ou copie e cole no seu navegador -->  https://www.4shared.com/file/eA-ojU-hca/stooges.html
2- Clique no ícone "baixar" mostrado pela seta na imagem emba­ixo
3- Se abrir uma jane­la "pop up" pode fec­há-la
4- Clique em baixar grátis, aguarde a co­ntagem regressiva dos 20 segundos e cliq­ue em baixar arquivo
5- Se pedir login cl­ique em registrar via facebook ou outra opção à escolha
6- Salve o arquivo em seu computador

Obs: Na serigrafia é comum o total desrespeito à qualquer direito autoral (caiu na net é domínio público), mesmo assim vou deixar pelo menos os créditos do desenho que são do artista Hardnox 757, realmente ele tem bom conhecimento técnico e um estilo nada conservador

Curtiu? Ajude na divulgação do Yarrru! compartilhando
FIQUEM ATENTOS QUE SEMANA QUE VEM TEM MAIS

Morcetes & Macetes!





Ao lindo som caóticoriental quase instrumental 5,6,7,8s de 5,6,7,8s que "ilustrou" a trilha sonora de killBill!

Para fazer 130 camisetas... Cada uma com um número de dois dígitos atrás... Tive que usar um pouco do que resta da massa pulsante que aloja-se em minha caixola craniana...
-Números de 0 à 9 são praticamente "telas residentes" em qualquer oficina serigráfica...
-Poliéster 44 fios evita entupimento e dá uma ótima cobertura...
Mas pra agilizar a estampagem renovei o conceito serigráfico registrando com 2 morcetes... Hehe!

Recuperando a matriz!

Se fosse pra eu apontar como "a pior" uma determinada etapa da serigrafia, seria esta o momento de desgravar as telitas. Como não gosto nada deste mau, porém nescessário momento e não tenho nenhum subordinado que o faça por mim, o mais sensato seria deixá-lo mais eficaz, fácil e breve possível.
Antigamente eu limpava as telas da pior maneira existente... Neste "saudoso" momento não haviam cursos de serigrafia aqui em Cwb e sem internet nos limitávamos aos poucos palpites de algum conhecido mais desinformado que a gente mesmo... Uma verdadeira tortura... Pra amolecer a emulsão deixava de molho na água sanitária... Então jogava uma água pra tirar o mais mole e ficava esfregando dos dois lados com panos embebidos em álcool de posto, que era chamado de álcool mesmo e nem imaginava o que era etanol...
Meu amigo, que tal ficava as vias respiratórias do pobre coitado!!! Socorro! Esse é o jeito que conheço pra fazer sem maquinário... Hoje eu só posso aconselhar que deixe que a máquina trabalhe por você!
Falando em serigrafia pequena ou artesanal o negócio mais fácil e barato é ter uma lavadora de alta pressão em mãos... Hoje em dia tem umas fraquinhas por um bom preço, e ainda dá pra aproveitar pra lavar o carro ou a calçada no fim de semana economizando um pouco de água...
Com um bom jato de alta pressão desgravamos do modo seguinte...
-Molham-se as telas que serão recuperadas...
-Passamos com uma esponja, trincha ou broxa o produto específico removedor dos dois lados da tela, para isso o mais viável depende da sua produção (sugiro o pasta ou gel daquela marca destaque no mercado, mas não quer saber de muito papo com nós pequenos) e deixamos agir por uns dez minutos, ou conforme o fabricante orienta... Importante é não deixar o produto secar na tela, ou endureçe ainda mais a camada...
-Daí é só mandar ver com a "vápe"... e tchau emulsão...
As emulsões com bicromato são um pouco mais difíceis de recuperar... Principalmente as que estão fazendo aniversário... Assim como as catalizadas, neste caso a maneira mais fácil de remover é com gasolina... Tipo, passa gasolina na tela e taca fogo!!!
Pode também depois da tela seca, passar um removedor de fantasmas (pasta alcalina) pra deixar o nylon encardido novinho de volta... Repetindo novamente a ação com a wap e importante... Não deixando nenhum resíduo do produto na tela, algumas pessoas neutralizam este produto passando vinagre na tela molhada, deixando agir uns minutos e depois lavando novamente...

Aproveitando a ocasião não posso deixar de aconselhar o seguinte... Por mais tentador que seja, não se habitue à revelar as suas matrizes usando a alta pressão, o correto é ela na hora da revelação sair sem muito esforço.
Se está com dificuldade de revelar à ponto de querer dar uma wapiada nela é porque algo no meio do caminho deu errado... Pode ser super exposição, ou seja, tempo demasiado na mesa de luz... Arte sem opacidade  suficiente... Emulsão velha ou termicamente endurecida...
 
Maquinários por mais simples que sejam, devem ser manuseados com cuidado e consciência, leia o manual nem que seja durante aquele seu momento de intimidade literária no trono de cerâmica!
Use EPI's, bota uma calça e calça uma bota.... Máscara, luvas e um protetor auricular que o ruido é grande... Ou então já vai aprendendo a se expressar em Libras...
Não molhe o aparelho nem sua fiação, dê uma pausa pra ele descansar de vez enquando... E muito importante pra sua maior durabilidade... Despressuríze-o depois de usar e desligar, é só apertar o gatilho pra soltar um "puf"... No bom sentido, já que você já fez o serviço sujo no troninho!

Agora quer sustentavelmente pensar pra frente? Então aproveita e pesquise aí no gúgol sobre unidade de recuperação de matriz e recirculação de água... Um pequeno investimento que é o futuro.

Policromia







É o processo mais usado na silk screem para reproduzir imagens e fotografias coloridas...
Utilizando este método as vezes consigo confeccionar estampas muito interessantes, como posso demonstrar nas fotos e vídeos abaixo.

Estampa em algodão.

-Utilizo as tintas CYMK tecitec (base d'água) e tenho obtido um bom resultado...
-Matriz com Nylon 90 fios amarelo.
-Emulsão HB Decafilm PA (Diazo)
-Rodo Chanfrado
-Revelo a matriz em holofote halógeno de 500W (12 min)

E Agora vou te dar um conselho pra fazer uma boa cromia em tecido escuro que "TENHO CERTEZA" que muita gente discorda *.. mas vai lá...

De trez "mãos" de fundo "prele" ficar bem branco (Com as devidas pré-secagens)
Não utilize nylon muito aberto não... Use um 77 fios... pois não deixa aquele grosseiro "Take" que mais parece um coletinho a prova de balas...
Cure bem... O ideal é berço térmico.. Mas com soprador ou mesmo secador vai dar...

De uma passada do "Iélou".. Seque... de um repique do iélou...
De uma passada do cyan .. Seque... de um repique do cyan...
De uma passada do magenta.. Seque... de um repique do magenta...
De uma passada do "bréque".. Seque... de um repique do "bréque"



















Nas fotos alguns exemplos de policromia que fiz em tecido escuro.


Outra dica que dou seria que capriche bastante no registro...
Use emulsão de boa qualidade se quiser receber elogios pelo seu trabalho, fuja de gambiarras como cola cascolar pigmentada...
Tenha em mãos uma arte final bem impressa, passada no "bafon" do thinner pra ficar bem opaca... Com 45... 60... 75 LPI... Dependendo da sua escolha e dominio na revelação...








exemplos de policromia que fiz em tecido branco


Já no tecido branco não é necessário repique, uma boa passada já basta.



No vídeo estampo uma santa E um "Jisuis"



Making Anarchy... Vídeo onde estampei uma bandeira usando a técnica de policromia...

* Praticamente 100% dos profissionais em serigrafia afirmam que em cromia não se dá repique. concordo em partes com isso... Desde que estejamos imprimindo em tecido branco... Em tecidos onde há a necessidade de um fundo branco, eu acho o repique essencial para que as cores fiquem bem vivas (USO POLIESTER 90 FIOS)...









No desenho acima por exemplo, dei a primeira passada com o magenta (logo após o fundo obviamente) pois o desenho é predominantemente vermelho... Logo após... Sigo com a sequencia que uso de costume...

Ps. O desenho é de um famoso time de futebol mas eu não torço pra nenhum... Estampo de Jesus Cristo à Satanás sem preconceito.. Hehe!

Hidrometálica!












No exemplo acima utilizei a tinta Hidrometálica nas tonalidades Vermelho e Prata pigmentadas (tinta incolor com pigmento comum).
A Ouro eu prefiro comprar pronta...

O malha da tela é ideal que seja bem aberta 32, 44, 55 fios!! Para que não haja entupimento, fato comum já que esta tinta seca bem rápido na tela, principalmente em dias secos, por conta de sua composição com um micro pó metálico... Eu pessoalmente utilizo gel retardador na diluição...

Ela tem uma ótima cobertura, boa elasticidade, acabamento bem liso e perolizado...
Não necessita de fundo branco, porém, se este for previamente impresso, notei que proporciona mais brilho ainda na estampa...

É uma boa e simples opção para estampas com brilho diferenciadas, pois tem a praticidade da tinta base d'água... Embora obviamente seu acabamento não se iguale ao do Plastisol nem do Foil...

Registro!



Al sonido de "Nunca fui muy popular", de los Quebraditos (BSAS-Argentina)...

Entre várias dúvidas que tenho visto na galera curiosa à respeito de serigrafia é sobre o registro de várias cores... Então resolvi fazer este pequeno vídeo, muito tosco concordo, demonstrando a sequência mais fácil e eficaz de se marcar um registro na tela...

Os "dezmandamentos" do registro (huahua):

1- Prepare a arte final com as devidas separações e com as cruzetas para marcação.
2- Cole uma delas no berço/mesa na posição melhor localizada para a estampa, se preciso marque o centro com uma régua.
3- Pegue a primeira tela, encaixe-a no berço e marque-a com uma caneta nas cruzetas...
4- Repita com as outras telas/cores que serão usadas...
5- Com um durex transparente cole as artes nas telas marcadas.
6- Grave/revele as telas...
7- Seque-as, retóque-as
8- Acerte mais afinadamente o registro pelas chavetas, para maior precisão do registro... (Uma boa maneira é colando novamente uma das artes na tela com durex, coincidindo a cruzeta da arte com a revelada na tela... Com isso encaixe a tela no berço, transfira a arte pra mesa... e use novamente esta base para coincidir as cruzetas das outras cores...)
9- Isole as cruzetas das telas...
10- Estampe.
 

Home | About Me | YouTubeChannel-1| YouTubeChannel-2 | EZine-Impregnantes | MySpaceTheCO2 | Twitter | Orkut | Facebook

Yarrru! Silk'n'roll © Design by Yarru | Publisher : Me