About

Evitando Calotes

Nesta 180ª postagem do Yarrru! Silk'n'Roll vou falar um pouco sobre os caloteiros e como evitá-los
Quem aí tiver alguma história de calote que levou participe nos contando nos comentários.
Boas estampadas!

Em mercados como serigrafia, marcenaria, serralheria, etc... Há uma dúvida sobre se tratar de venda de "Produtos" ou de "serviços"... A parte tangível é o produto e a intangível o serviço, pensando deste modo creio que podem se encaixar nestas duas categorias.
Tem a venda do produto em si (Camiseta, Guarda Roupa, Portão...) mas esse é agregado à uma criação personalizada (Serviço), assim se você executar um serviço pra um cliente e este desistir da compra no decorrer da produção do mesmo, por ser algo individualmente personalizado dificilmente este produto poderá ser vendido pra outra pessoa
Se o cliente desiste do negócio, entregando ou não o produto, o prejuízo fica para a empresa, sabendo que as camisetas estampadas não poderão ser reaproveitadas qual a maneira mais eficiente de evitar este calote ou inadimplência?
Definição de calote:
Calote é não pagar uma dívida de forma intencional. Caloteiro é aquele que contrai dívida sem intenção de pagá-la.
Calote é Crime e pode gerar implicações legais!!!

A diferença entre calote e inadimplência é que o calote é executado de forma previamente intencional, enquanto o indivíduo que fica inadimplente pode tê-lo feito devido outros problemas como falta de planejamento financeiro ou outro fator externo que o impede de quitar com a dívida adquirida
Conforme vai aumentando o relacionamento o cliente ganha confiança e pode a vir a pedir o vulgar FIADO e dar um calote, neste caso como alerta o jargão popular, você perde o dinheiro e o cliente!
Para evitar esse aborrecimento o mais usual é utilizar do simples padrão 50x50
O cliente paga 50% do montante (sinal) no momento da solicitação do pedido e se compromete a pagar o restante (50%) na entrega
Neste caso é coerente que o cliente receba um contrato de execução de serviço ou um simples recibo que formalize o pedido e possa lhe permitir similar garantia. Assim como tem cliente caloteiro tem muito prestador de serviços com má fé também
Neste contrato de duas vias é bom conter além do valor recebido, detalhes do orçamento, do produto, preço, data, prazos, etc...
Também toda solicitação de alteração deve ser documentada, pode ser formalizada com o pedido de um simples email, portanto é bom salvá-los sempre
Lidar com pessoas é complicado e o que está no papel ou digitalizado formaliza tudo o que foi consensual durante a comunicação verbal, evitando aborrecimentos e discussões.

Mesmo o método 50%x50% não é 100% infalível, já vi casos onde encomendas com múltiplos pagantes, como formandos ou grupos informais, quererem fazer o restante do pagamento individualizado, ou seja cada um vai pegar sua cota acertando seu equivalente... É diversamente confuso e previsível que não vai dar certo... Se for entregar alguma parte, que não seja a metade, pois desse modo você anulou com o sinal
Outra situação é quando o cliente é quem te leva o material pra ser impresso, neste caso a cobrança do sinal pode a meu ver ser opcional, visto que o material a ser impresso só será entregue mediante o pagamento conforme acordo.
 Mais cuidados relevantes:
-Sempre emita nota fiscal. A falta deste documento te deixa sem nenhum amparo se tiver que acionar o comprador.
-Pagamento com Cartão. Parcelamento, Carência, sem entrada, com entrada... Todo o risco fica por conta da administradora do cartão, apesar do custo financeiro, esta atualmente é a mais segura forma de pagamento.
-Não venda. Se tem dúvida quanto ao caráter do cliente, ou se este mostrou maus hábitos em pagamentos anteriores.
-Respeite o Cliente. Mesmo que inadimplente, não faça ameaças ou fuja da formalidade
Segundo o Código de Defesa do Consumidor, no artigo 42, “Na cobrança de débitos, o consumidor inadimplente não será exposto a ridículo, nem será submetido a qualquer tipo de constrangimento ou ameaça. 
-Negocie. Se já levou o calote e o cliente demonstra ter intenções apesar de não ter condições de cumprir com o pagamento acordado, tente facilitar a forma de pagamento, aumente o prazo ou outra solução que garanta vantagem pros dois lados
-Último caso. Empresas terceirizadas de cobrança podem lidar com o cliente inadimplente.



Seja camarada e curta a Página do Yarru! Silk'n'Roll no Facebook, receba atualizações de matérias sobre o vasto mundo da serigrafia.

Nenhum comentário:

 

Home | About Me | YouTubeChannel-1| YouTubeChannel-2 | EZine-Impregnantes | MySpaceTheCO2 | Twitter | Orkut | Facebook

Yarrru! Silk'n'roll © Design by Yarru | Publisher : Me