About

O Fim da Serigrafia! (estampado borrado e com a arte feita em nanquin)

Todo mundo que é do ramo sabe ou pelo menos deveria obrigatoriamente saber que esta é uma versátil forma de impressão milenar... Ou seja, uma técnica que muito antes da sua bisavó nascer já era amplamente utilizada pelo planeta afora.
Registros históricos narram que antes de Guttenberg  (o pai da imprensa) nascer, um chinês já imprimia usando a "escrita da seda"... De lá pra cá é notório que o mundo evoluiu e a tecnologia disparou atingindo níveis outrora inimagináveis... Quando olhamos pro passado recente e também para o presente afirmamos com convicta certeza que as transições tecnológicas estão cada vez mais constantes... Serigraficamente falando idem!!!

Tempos atrás estava eu imprimindo um serviço serigráfico destes que fazem o patrão "lavar a égua"... 5000 sacolinhas de TNT (não é a dinamite e sim um "tecido não tecido") pretas com estampa em duas cores, branco e amarelo, frente e verso, num cálculo rápido defini que teria a capacidade de estampar 100 unidades por hora (cabiam duas em cada berço), podendo finalizar a empreitada após 50 árduas horas de repetitivo serviço. Ou seja, 5 dias com jornada de 10 horas... Dispúnhamos de 3 dias, portanto 3000 ficariam conosco e 2000 seriam terceirizados... Isso de maneira singela na estrutura da empresa onde funciono, impressão 100% manual em 20 berços térmicos.

Em meio à esta impressão toda recebemos a visita de um vendedor de modernos equipamentos inovadores de personalização de camisetas... Ou seja, a máquina computadorizada de bordado e a prensa térmica de transfer digital! Nada contra os citados recursos, se acaso forem direcionados a uma tiragem pequena para clientes pouco exigentes tem seu correto espaço no diversificado mercado...
Porém, um trecho de sua apresentação me incomodou muito. Foi quando o pouco ético vendedor, pretensiosamente afirmou com demasiada ousadia que isso que eu estava fazendo (referindo-se à nossa companheira serigrafia velha de guerra), estava com seus dias contados!!!
Devido aos modernos recursos tecnológicos, a saga do silk screen (não confundir com Ice cream) tem o inevitável caminho ligeiro rumo à completa extinção! Hó!
E segundo o atualizado vendedor o futuro estava focado presentemente na aquisição de seu revolucionário maquinário.
Para isso meus argumentos foram curtos e diretos, em forma de pergunta:
-Tem como eu imprimir 5000 destes Tnt's com esse teu transfer?

Impressões, impressores e impressoras surgem aos montes diariamente, cada uma prometendo ser nova e revolucionária... Mas, dificilmente alguma chegará aos pés da "simples", versátil, ágil, confiável e milenar serigrafia!
Usando uma tela com tinta e um rodo podemos estampar com qualidade em qualquer substrato inventado... Com silk screen imprimimos em coisas de qualquer cor, espessura, tamanho e composição... Utilizando tintas especiais, brilhantes, foscas, fluorescentes, metalizadas, luminosas, refletivas, aromatizadas, transparentes, com glitter e até invisíveis... Podemos imprimir com relevo, texturas, efeitos... tudo isso com rapidez, qualidade e garantia...
Com a atual impressão digital jamais.... Limitamo-nos à expectativa da máquina.
Certamente dispomos na atual escala de evolução gráfica de uma quantidade bastante significativa de equipamentos para impressão digital. A maioria talvez seja ótima dentro do que prometem, mas nem todos compensam o caro investimento.
Que estes maquinários pretendem acabar com a serigrafia seria uma afirmação incoerente e apenas rancorosa. Ambas as técnicas podem conviver simultaneamente juntas e eficazes (a arte final da serigrafia não é hoje em dia feita exclusivamente de maneira digital???), saber usá-las da maneira correta é a faísca que  acende a combustão no motor que movimenta o mundo (seri)gráfico...

E olhando curioso para o futuro... Próximo ou distante, não sei? Onde a serigrafia técnica já não mais é utilizada para nenhuma impressão em um pedaço de tecido sequer... Vejo um virtuoso e nostálgico artista usando uma tela serigráfica pra decorar suas mais ousadas obras artesanais.


Impressão genital (ops! Digital!)
Algumas vantagens:
-Requer pouco conhecimento técnico do operador.
-Agilidade para tiragens pequenas.
-Padronização de qualidade.

Algumas desvantagens:
-Valor unitário da impressão elevado.
-Limitação dimensional e estrutural do substrato a ser impresso.
-Manutenção do equipamento
-Defasagem e custo do equipamento.

Serigrafia
Algumas desvantagens:
-Requer uma sequência obrigatória de etapas à ser seguida pelo(s) técnico(s) serigráfico(s)
-Comercialmente inviável para pequenas tiragens.

Algumas vantagens:
 -Fidelidade nas cores.
-Qualidade.
-Versatilidade.
-Durabilidade do impresso.

Boas festas e até o ano que vem!

3 comentários:

Anônimo disse...

ÓTIMO VALEW CARA!!!! OLHA O MEU PRAZER DA SERIGRAFIA É ESTÁ PUXANDO O RODO COM A TINTA NA TELA SOBRE O SUBSTRATO. ESSA TAL MÁQUINA IMPRESSORA QUE IMPRIME EM CAMISA QUE EU NÃO SEI QUAL É O NOME... NÃO TROCO MINHA MATRIZ SERIGRAFICA ESTICADINHA COM NYLON BEM BONITINHA POR ESSA MÁQUINA DE JEITO NENHUM...
FELIZ NATAL E ANO NOVO!!!!!!!!!!

Paulo Moises disse...

A tendência, é a modernização do ramo da serigrafia, porquê o ramo das personalizações das produtos, esta muito em alta.
Não compensa estampar unidades com a serigrafia.
quikcamisetas.com

Yarru! disse...

Correto comentário do Paulo!!!

 

Home | About Me | YouTubeChannel-1| YouTubeChannel-2 | EZine-Impregnantes | MySpaceTheCO2 | Twitter | Orkut | Facebook

Yarrru! Silk'n'roll © Design by Yarru | Publisher : Me